Revisão da destinação do imóvel no edifício Casa de São Paulo

(9h37min) Seguindo a ordem do dia, o presidente José Valdir apresenta à deliberação da plenária a proposta de revisão da destinação do imóvel da cooperativa, no Setor Bancário Sul, em Brasília, sede anterior da Cooperforte.

Em assembleia geral extraordinária, em agosto de 2012, o colegiado de delegados aprovou a alienação das áreas de propriedade da cooperativa no edifício Casa de São Paulo, no Setor Bancário Sul, em Brasília, e autorizou o Conselho de Administração a decidir sobre o valor e as condições de alienação do imóvel, composto por duas lojas, de acordo com os parâmetros de mercado.

Posteriormente, a Cooperforte ocupou aquele espaço com as instalações do site alternativo, ambiente de segurança que permite manter as operações da cooperativa ativas, em eventual impedimento de funcionamento da sede; com o Posto de Atendimento (PA) no Distrito Federal; e com o Instituto Cooperforte. Estas mudanças trouxeram como benefícios a redução mensal de despesas de aluguel, com a mudança do site alternativo para este ambiente, antes em funcionamento em imóvel alugado do Sicoob Planalto Central; a facilidade de acesso dos associados aos serviços da cooperativa, pela localização estratégica do PA Distrito Federal; e a cessão de parte das instalações, em comodato, ao Instituto Cooperforte.

Ante o exposto, o presidente José Valdir submete à deliberação da assembleia propostas no sentido de:

  • Rever a deliberação da AGE de 19/08/2012 sobre a destinação do imóvel localizado no Edifício Casa de São Paulo, Setor Bancário Sul, Quadra 2, Bloco A, em Brasília, de forma a cessar a decisão de alienação da Loja 2, permanecendo a autorização para alienar a Loja 1 do referido imóvel; e
  • Autorizar o Conselho de Administração a deliberar, com base em proposta da diretoria executiva da Cooperforte, sobre o valor e as condições de alienação da Loja 1, observados os parâmetros de mercado.

Às 9h39min a proposta de revisão da destinação do imóvel da Cooperforte no edifício Casa de São Paulo, em Brasília, é aprovada por unanimidade pela assembleia.

Veja também